terça-feira, 17 de julho de 2012

Eh! Vou viajar!

Isso aí, vou tirar 2 semanas de férias, como se eu já não estivesse desde que a greve começõu, mas enfim...
Vocês já devem ter se perguntado porque o cabeçalho está do mesmo jetio desde o dia 13, mas é que eu gostei da cara do blog assim =D
Para quem quiser saber, não, eu não vou progamar postagens para durante a minha ausência. Eu simplesmente vou deixar o blog assim, do jeito que está, mas quando eu voltar eu vou trazer postagens bem legais, pode ser?
Boas férias e até mais!!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Mulheres no Rock

Quando preguntam a você sobre quais bandas de rock você gosta, você certamente tem pelo menos 5 de cada na ponta da língua. Mas, e quando te perguntam quantas bandas femininas você gosta? A lista fica mais estreita, não e?
Apesar de no mundo do rock os homens serem a maioria, muitas bandas com mulheres ou só de mulheres conseguiram seu lugar de destaque.  Vozes como Janis Joplin, Joan Jett e Amy Lee não passaram em branco.
Nesse quesito de música made by ladies, eu poderia destacar 2 bandas de que eu gosto muito. São ela Heart e Vixen.

A banda Heart vocês provavelmente já conhecem, ou pelo menos quem costuma jogar Guitar Hero conhece, porque automaticamente vai lembrar de Crazy on You ou Barracuda.
As vozes femininas são as irmãs Wilson, Ann e Nancy. A banda existe desde meados da década de 70 e nunca perdeu o fôlego.

Agora, para quem não conhece, apresento-lhes a banda Vixen, que inclusive está ilustrando o começo da postagem. A banda infelizmente já se dissolveu uma vez, voltou com uma formação diferente e ultimamente eu nem sei coo é que está a situação =P
Mas quando estava na sua formação clássica, a banda era muita boa. A banda, composta só por mulheres,era chefiada pela guitarrista Jan, e acompanhada pela vocalista Janet, a baterista Roxy e a baixista Share. Vale a pena ouvir pelo menos os álbuns mais conhecidos, o Vixen e o Rev It Up.
Logo abaixo seguem duas músicas que pra mim são as mais bonitas:



E assim eu me despeço do dia de hoje pessoal. Espero que tenham gostado da data comemorativa de hoje, e até o Dia Mundial do Rock do Ano que vem!! Até mais!!

Rock: Algumas bandas que você precisa cohecer

De nada adianta ser o dia mundial do Rock se você não escutar uma música do gênero hoje.
Caso vocês não soubessem por onde começar, eu resolvi dar uma mãozinha.
Certo, primeiro eu tinha resolvido fazer um top 10 das bandas que eu costumo ouvir, mas acontecem que existem MUITAS bandas legais, tanto antigas quanto atuais.
Então resolvi postar algumas delas e no final dou apenas algumas sugestões para quem se interessar.

Foo Fighters: Essa banda me conquistou já faz cerca de um ano, e eu simplesmente não enjoo de escutá-la. 
Dave Grohl conseguiu se destacar provando que ele era muito mais do que "aquele cara do Nirvana". E com toda a razão. A genialidade de Grohl é algo invejável! As músicas são incríveis, e mesmo a maioria não tendo aqueles solões de guitarra, você curte mesmo assim. Imperdível.
Para exemplificar mais ou menos o que eu estou dizendo, aqui vai uma das minhas músicas preferidas do FF, Best of You:


Bon Jovi: Eu não poderia deixar de postar sobre nosso velho tio Jon, já que foi uma das primeiras bandas que eu acompanhei (e digo que foi uma das primeiras porque eu ouço Guns e Bon Jovi desde que mamãe estava grávida de mim o berço). Já faz quase 30 anos desde o lançamento do primeiro CD, auto-intitulado, mas pra mim suas músicas não são nem um pouco velhas, e eu provavelmente estou certa ao dizer que é quase impossível alguém nunca ter sequer ouvido Livin' on a Prayer, Always, Keep the Faith, It's My Life, entre outras. Apesar das músicas mais conhecidas sejam baladas, vou mostrar pra vocês uma música que nem é tão velha assim:


Guns N' Roses: Ha, vocês achavam mesmo que eu não iria falar dessa banda? O ano de 1987 não teria nenhuma graça se o ÁlbuAppetite for Destruction não tivesse sido lançado. E o que seria do riff de Sweet Child o' Mine sem o Slash então? Uma coisa depende da oputra, e é por isso que eu digo que, apesar da fase boa do Guns não ter durado tanto quanto a gente desejava, nós sempre vamos lembrar daqueles caras brigões, drogados e magricelas que trouxeram músicas lindas ao mundo do rock.


Queen: Quem nunca cantou We Will Rock batendo as mãos na mesa ou comemorou uma vitória cantando We are the Champions? A voz de Freddie Mercury é essencial na sua playlist.


Aerosmith: Steven Tyler e seus amigos formam um grupo notável e muito bem quisto. Eu jogo o Guitar Hero: Aerosmith sempre que eu tenho oportunidade

Poison: Não tenho muito o que dizer sobre essa banda,apenas que as músicas são legais e que o visu deles nos anos 80 é bem marcante também =D

Scorpions: Um DVD que eu tenho aqui em casa dos Scorpions e que eu gosto muito é o Moment of Glory, um show deles com Orquestra Filarmônica de Berlim, que mixa música clássica com rock de primeira. Não que tenha sido desde então, porque eu já ouvia a banda muito antes de ter esses DVD, mas é uma das coisas que me marcou com relação ao Scorpions. Voltando ao foco, tem uma música do Scorpions que meu irmão adorava tocar no Guitar Hero:Encore of the 80s.


Shinedown: Essa banda quem me apresentou foi a minha amiga Camila,que é ainda mais rockeira do que eu. Acabei gostando da banda por influência dela, embora ainda não conheça a maioria das músicas. Essa música é do mais novo álbum deles, o Amaryllis, e vai estar na trilha sonora de Os Mercenários 2. Hope ou enjoy.


Slash: Para finalizar, resolvi citar nosso querido ex-gunner Saul Hudson, vulgo Slash. O amado guitarrista, que essa semana recebeu um lugarzinho na calçada da fama, conseguiu se virar muito bem depois de sair do Guns e já está envolvido não só na sua turnê atual  com o MylesKennedy, como com os planos para o próximo álbum! É, o cara está a todo vapor! Enfim,essa música aí de baixo é do Apocaliptic Love, o qual eu já comentei muito aqui. Espero que gostem. Até mais!

Mapa do Rock

No último post eu expliquei um pouco sobre as diferentes vertentes contidas no Rock. Bem, pra entender isso um pouco mais, eu trouxe essa figura aí de baixo, que é um mapa de metrô porém representando algumas bandas conhecidas e seus respectivos subgêneros. A foto está meio pequena pra vocês enxergarem alguma coisa, então pra ver se melhora um pouquinho é só clicar aqui.
O legal mesmo é tentar encontrar a sua banda preferida nesse meio. Boa sorte!

Subgêneros do Rock: Você os Conhece?

Isso é uma coisa que confunde muita gente. Não que isso interfira no modo como você escuta a banda, mas sempre bate aquela dúvida.
Pois bem, Nenhuma banda de rock é igual à outra, cada uma possui seu som específico, sua característica marcante. Uma dessas características é qual o seu estilo de fazer música. Vertente, ou subgênero, é o nome dado aos vários subgrupos existentes no rock, que se se diferenciam pelo comportamento ou pelo modo que tocam.
Até aí tudo bem. Mas e quando você não sabe como classificar a sua banda preferida ou não sabe nem sequer diferenciar hard rock de heavy metal??
Para sanar essa e outras dúvidas, passei a semana toda pesquisando algumas das principais vertentes existentes desde o princípio do Rock n' Roll, e a lista é beeem extensa.
Mas eu achei em um site chamado Diário de Músicos um post bem informativo justamente sobre esse assunto, e de uma forma tão simples que qualquer um consegue entender.
Vamos lá então?

  • Bem, o bom e velho Rock and Roll nada mais é do que uma combinação de gêneros musicais: gospel norte-americano, a folk music e o blues, além do coutry e jazz, mas predominantemente afro-americano. Surgiu entre as décadas de 40 e 50. Bandas como The Beatles, The Rolling Stones e Elvis Presley fazem parte desse gênero.
  • O Glam Rock foi aquele marcado por roupas cheias de purpurina, sapatos de salto-alto, lantejoulas, batons e etc. Um exemplo disso tudo seria David Bowie como Ziggy Stardust, ou até mesmo o querido Freddie Mercury no início do Queen, já que muitas bandas de Hard Rock começaram sua carreira partindo do Glam.
  • Já que estou falando do Queen, vamos logo falar do Hard Rock. Atualmente esse gênero é usado para classificar aquelas bandas que tinham ou têm um som muito pesado e veloz para serem identificadas apenas como Rock, mas que também não eram ou são tão pesadas assim pra entrar pro time do Heavy Metal. Bandas assim chamadas são as minhas preferidas. Nomes como Aerosmith, Bon Jovi, Europe, Guns N' Roses, Scorpions, Lynyrd Skynyrd, Whitesnake, entre outros, transitam nesse meio.
  • O Heavy Metal todo mundo conhece, e tem uma forte ligação com o Hard Rock. Ele se desenvolveu no fim da década de 60 e no início da década de 70, influenciado  pelo blues-rock e o rock psicodélico. As bandas criadas nesse gênero desenvolveram um som caracterizado por altas distorções amplificadas, prolongados solos de guitarras e batidas enfáticas. Os lançamentos do Black Sabbath e do Deep Purple foram cruciais nesse meios. Entre muitas, algumas que podemos citar aqui são Mettalica, Iron Maiden, Motörhead, entre outras que eu não escuto.
  • Rock Progressivo é o nome dado ao estilo de música que surgiu no fim da década de 60, influenciado pela música clássica de pelo jazz fusion, algo que contrastava com o rock estadunidense, que era influenciado pelo rhythm and blues e pela música country. Composições longas, com harmonia e melodias complexas, aproximando-se muito da música erudita (que por vezes atingia 20 minutos ou mais) são fortes características do estilo. Algumas dessas bandas são Rush, Pink Floyd e Led Zeppelin.
  • O Rock Alternativo é um gênero criado na década de 80 que se tornou bastante popular na década de 90. Consiste em vários subgêneros oriundos da cena musical independente como grunge e britpop. Pode-se dizer que é o rock mais comercial e mastigadinho. Bandas como 3 Door Down, The Cranberries e The Killers atuam nesse gênero.
  • E o Grunge?? Foi um estilo de música voltado para sons pesados e distorcidos, porém ser ser metal. A banda chefe desse estilo foi o Nirvana, que tinha um som voltado pro alternative. Já bandas como SounGarden e Alice in Chains tinham um estilo mais inspirado no metal e no hard rock, enquanto Pearl Jam era mais pro lado do hard rock, rock clássico e rock alternativo. Muitos falam que o Foo Fighters representa bem o estilo do Grunge hoje, mas pra mim isso nem tem muito a ver, até porque muitos rockeiros declaram que o Grunge morreu com Kurt Cobain. Acho que Grohl conseguiu se distanciar o suficiente do estilo do Nirvana para ficar com algo mais próximo do Hard Rock, o que na minha opinião teve um resultado bem agradável. Então pra mim, FF é hard rock e ponto final!
  • O Indie Rock  é um gênero musical gerado no Reino Unido e nos EUA durante a década de 1980. É enraizado em gêneros mais antigos, como o rock alternativo, o pós-punk e o new wave. Artistas desse estilo são conhecidos por fazerem questão de manter controle completo de sua música e carreira, lançando álbuns por gravadoras independentes e baseando toda a divulgação de seu trabalho em turnês, rádios independentes e, mais atualmente, na internet. Artic Monkey, Snow Patrol, Oasis e Radiohead fazem parte disso.
  • O Punk Rock não é apenas um gênero, é todo um movimento cultural que surgiu em deados da década de 70, que tinha como principais características músicas simples, rápidas e agressivas, na maioria das vezes abordando temas anarquistas e revolucionários, ou problemas políticos e sociais ou, em outros casos, relacionamentos, diversão e temas do cotidiano. O visual agressivo, que foge dos padrões da moda, a filosofia "faça você mesmo" e as atitudes destrutivas são outras características do punk. Bandas como Sex Pistols e Ramones representam bem essa ideia, enquanto The Offspring e Green Day são um pouco mais amenos.
  • Para finalizar, vou falar da New Wave, que é um gênero musical que incorporava elementos da música eletrônica experimental e disco, assim como o pop dos anos 60. A banda talking Heads foi responsável pela definição do estilo New Wave. Porém, vieram a surgir outros "New-Wavers" como Blondie, The Runaways e Dead Boys.
Bem pessoal, é isso. Existem ainda mais subgêneros e provavelmente mais cedo ou mais tarde ainda vão existir outros. Mas por enquanto, para não confundir a cabeça, fiquemos só nesses. E lembre-se que independente do seu estilo musical o que vale é você apreciar o que escuta. (eu não acredito que estou defendendo o restart ¬¬)
Mas, enfim, é isso aí. Espero que vocês continuem ligados aqui no blog, porque vêm mais posts por aí sobre o dia Mundial do Rock.
Até mais!!

Rock: Uma história - por Super Interessante


Ei, quem quiser saber um pouco sobre a história do Rock, tem uma matéria bem bacana no site da Super Interessante.
O artigo que eu encontrei é simplesmente ENORME. Por esse motivo, eu preferi não postá-lo aqui no blog porque eu sabia que ninguém ia ler. Então, quem se interessar é só clicar nesse link.
Para dar um gostinho, aqui vai o primeiro trecho:
"Foram cinco décadas bem vividas. Não pensem que foi uma vida fácil: entre tapas e beijos, o rock viveu um romance conturbado com a sociedade. Numa hora, era o queridinho de todos, para logo depois ser chutado e escorraçado como um cão sem dono.

Nesse meio século, o rock’n’roll foi celebrado por multidões, explorado por publicitários, dissecado por historiadores, cooptado pela moda, malhado por puristas, dignificado pelos Beatles e maltratado por Bon Jovi e Simply Red. Passou por bons e maus bocados, e chegou a ser dado por morto algumas vezes. Mas, como fênix, sempre deu um jeito de reaparecer, resgatado das trevas por algum adolescente talentoso e entediado. É uma história e tanto..."

Dia Mundial do Rock: Por que o dia 13?


Bem, acho que vocês gostariam de saber porque o dia 13 foi a data escolhida para o dia mundial do Rock.
Em 1985, houve um grande evento chamado Live Aid cujo objetivo era acabar com a fome na Etiópia.
Para tanto, o evento consistia em um show simultâneo em Londres e na Filadélfia, e contou com a presença de artistas como The Who, Dire Straits, Queen, Black Sabbath, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, Paul McCartney, Led Zeppelin, Phil Collins, Eric Clapton e U2.

O show foi transmitido ao vivo para diversos países, o que abriu os olhos de todos sobre a miséria na África.
E desde então, o dia 13 de julho passou a ser conhecido como Dia Mundial do Rock.
Eeeeehhh, história bonita, não?

Feliz Dia do Rock!

É, pois é, a surpresa era essa! Surpresos ou não?
Hoje é um dia muito especial, não só para quem gosta de rock, como também para quem gosta de música em geral, já que o rock, logo depois da música clássica, foi a matéria prima para todos os estilos que conhecemos atualmente.
Por esse motivo é que o blog está com o cabeçalho tão mudado, e feito especialmente para a data, para vocês entrarem no clima =D
Mas Isabella, por que é que esse dia é tão importante pra você?
Dentre todas as minhas preferências, a música sempre esteve no meu top 5. E quando falo de música, me refiro principalmente ao Rock.
Tá, mas então quer dizer que você não gosta de mais nenhum estilo??
É claro que não! Ser roqueira não me impede de ouvir outros estilos, assim como ser nerd não me impede de assistir filmes que não sejam sci-fi.
Mas o rock, sabendo ser ouvido, é muito melhor aproveitado. As melodias são maravilhosas, as letras tem conteúdo, e nos dias de hoje, está ficando cada vez mais difícil de encontrar bons artistas.

E é por isso que as postagens do dia de hoje vão ser dedicadas unicamente a isso, para que vocês possam entender o rock como um todo e não só associá-lo àquilo que é ruim.
Espero que gostem!!
Até mais!!

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Aerosmith lança novo clipe

A banda já havia divulgado a música Legendary Child, do mais novo álbum, o Music From Another Dimension!. Porém ontem Tyler e seus amigos divulgaram o clipe da mesmíssima música.
De acordo com o Vagalume o clipe começa com o narrador explicando que esta é a história da maior banda de rock da América, detalhando, com humor, algumas das situações pelas quais a banda já passou, até chegar ao "Episódio 1", que, ele explica, é a história do Aerosmith encenada por garotas de patins.
E a´pi está o vídeo!! Espero que curtam. Até mais!!!

Banner revela dez cenas de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada


Foi divulgado um belo banner de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada contendo 10 cenas dos filmes. A imagem apresenta dez cenas do filme, mostrando os principais personagens da trama, como Bilbo , Gandalf (Ian McKellen), Gollum, Elrond e Galadriel, fora os anões.
O banner é enorme, então eu peguei essas fotos do Adoro Cinema em que as cenas estão separadinhas, mas se quiser ver o original aumentado, clique aqui.











segunda-feira, 9 de julho de 2012

Novo cartaz de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada

Não é lindo??
Poster (outros) - FILM : 119089

Fonte: Parada Temporal

Terminam as filmagens de O Hobbit!!!!!

É isso aí! Peter Jackson já confirmou o término das gravações, passando agora pra etapa de edição!!
Estou tão ansiosa!!!  Pra quem não sabe, O Hobbit é um livro que antecede a saga Senhor dos Anéis, e que conta um pouco das histórias de Bilbo Bolseiro e como ele adquiriu O Anel.
Nos cinemas, a história será dividida em duas partes, sendo a primeira O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, que chega aos cinemas no dia 11 de dezembro deste ano, e a segunda O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez, que entra em cartaz em 13 de dezembro de 2013.

Fonte: AdoroCinema

Super legal! Além dessa notícia, também foram divulgadas mais algumas filmagens do longa, que eu consegui no blog Garotas Nerds:




Mais que demais, não é mesmo??? Mais alguém aí tá ansioso??
Até mais!!

Novos Cartazes de Hotel Transilvânia

Hoje foram divulgados 3 cartazes da animação Hotel Transilvânia, que estreia aqui no Brasil no dia 05 de Outubro. A história fala de um rapaz que acaba se hospedando em um hotel onde a clientela é composta só por monstros, e pra piorar a situação o cara ainda se apaixona pela filha do dono do Hotel, que é nada mais nada menos que o Dácula!!
Poster (outros) - FILM : 126079
Poster (outros) - FILM : 126079
Poster (outros) - FILM : 126079

Fonte: Adoro Cinema

Jon Bon Jovi em comercial da Avon???

Isso mesmo, o nosso querido Jon (foi mal pelo trocadilho) está numa de garoto propaganda do mais novoperfume da Avon, o Unplugged, que vai ganhar tanto versão masculina quanto feminina.
Segundo a empresa, a inspiração para a criação dos perfumes é o sentimento único que se tem de ouvir uma canção favorita. “O objetivo é estabelecer uma conexão emocional.”
A versão das mulheres é um perfume floral oriental, que estará disponível em outubro. Já a versão masculina, segue a tendência das fragrâncias amadeiradas e estará à venda em novembro.
A parceria aconteceu graças ao envolvimento de ambas as partes com projetos filantrópicos.
Ainda tá difícil de acreditar?
Confiram o vídeo abaixo:


Será que as fãs ficaram animadas? Sei não, acho que vou dar um desses de dia dos psis pro meu pai =P
Será que ele vai gostar??

sábado, 7 de julho de 2012

Novo cartaz de Batman - O Cavalheiro das Trevas Ressurge

Meu olhinhos estão brilhando!! *-* Estou ansiosa pelo filme, e vocês? Fale lembrar que o filme estreia dia 27 deste mês. Preparados??
Poster (outros) - FILM : 132874
Fonte: AdoroCinema

Vídeo da Semana: Bebê Jedi

O meu bebê vai ser assim =D

Por que o projeto de Homem-Aranha 4 com Tobey Maguire foi abandonado? - Por AdoroCinema

Obs: Texto integralmente feito por AdoroCinema

Não há dúvidas que O Espetacular Homem-Aranha vai ser um grande sucesso nos cinemas, e a crítica internacional não tem poupado elogios a esta nova versão, com elenco e diretor diferentes dos três filmes anteriores. Mas diante de uma franquia de tanto sucesso, por que a Sony decidiu interromper o projeto de Homem-Aranha 4, que seria mais uma vez dirigido por Sam Raimi, com Tobey Maguire no papel principal e Kirsten Dunst como par romântico?
Apesar da decepção com o caríssimo e pouco lucrativo Homem-Aranha 3, tudo parecia correr bem com a produção de Homem-Aranha 4. Raimi acreditava que poderia consertar os erros do último filme, e já estava pronto para dirigir o quinto e sexto episódios do herói. Mas a Sony já tinha uma data muito próxima prevista para o quarto filme, e era obrigada a realizá-lo neste prazo para não perder os direitos da história.
Na correria, Raimi e os produtores não estavam de acordo sobre o roteiro, muito menos sobre os novos atores da série, que incluiriam Anne Hathaway (Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge) e John Malkovich (RED - Aposentados e Perigosos) - considerados caros demais para a produtora. Nem sobre os vilões os dois concordavam: a Sony insistia em manter Venom, que Raimi considerava um dos principais responsáveis pelo fracasso de Homem-Aranha 3.
Assim, com o diretor privado de controle artístico sobre o filme, nasceram tensões que levaram a uma carta dos produtores, dizendo apenas que a produção de Homem-Aranha 4 seria adiada "em vários meses". O produtor ainda pedia "desculpas pelo inconveniente" e sugeria: "Acho melhor vocês começarem a procurar outro trabalho". Em uma reunião de urgência, os patrões da Sony optaram pela solução radical: retirar toda a equipe e começar a série de novo, o quanto antes, com o diretor (mais barato) Marc Webb, um elenco mais jovem e um teor mais adolescente.
Nasceu assim O Espetacular Homem-Aranha, que tem grande potencial para ser ainda mais lucrativo que seus antecessores. Os fãs da franquia Homem-Aranha poderão comparar as produções das duas equipes, já que o filme estreou ontem.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...